Carlos Massa Ratinho Junior e Renato Feder poderão ser denunciados em Tribunal Penal Internacional

O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o Secretário da Educação Renato Feder. ( Crédito: Rodrigo Felix/ AEN)



Um grupo de professores  do Processo Seletivo Simplificado, pretendem ir a corte internacional para denunciar o governo do Paraná e o secretário de educação, Renato Feder, caso a dupla continue com a ideia de aplicar a prova, para a contratação de professores no Processo Seletivo Simplificado, durante a pandemia. Nesse período, todos deveriam estar em isolamento, não justificando a aplicação de um teste seletivo. 

O grupo está discutindo a ação e as conversas apontam para uma denúncia no Tribunal Penal Internacional, que visa o julgamento de crimes contra a humanidade.   

A intenção dos professores é serem respeitados,  buscando o reconhecimento judicial no âmbito internacional, já que por aqui, Carlos Massa Ratinho Junior e Renato Feder, pelo jeito, não vão mudar de ideia, com relação ao teste seletivo em tempos de pandemia. 

Durante a aplicação da prova, caso alguém esteja infectado com o coronavirus, poderá contaminar um número grande de participantes. 

O objetivo do Tribunal Penal Internacional é julgar e condenar indivíduos suspeitos de cometer crimes contra os direitos humanos,  colocando os professores numa sala e causando aglomeração  numa epidemia, onde pessoas possam ser contaminadas com o coronavirus, não faz sentido, os responsáveis poderão sair condenados pelo crime de genocídio.   

O primeiro passo para a ação é formular uma denúncia na Comissão Interamericana de Direitos Humanos. Caso seja confirmado os atos praticados contra a vida das pessoas, a própria comissão encaminha a denúncia ao Tribunal Penal Internacional. 

A condenação seria um duro golpe na administração do atual governo do estado do Paraná.

Compartilhar por Whatsapp

About Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :