Rumores aponta que governador poderá adiar ou cancelar prova do PSS


  

O assessor de um deputado do grupo politico ligado ao governador, em conversas com algumas pessoas disse que, em um bate papo o governador Carlos Massa Ratinho Júnior vem demostrando insatisfação com o silêncio ensurdecedor do secretário da educação, Renato Feder, com a greve de fome dos professores, que já dura mais de 100 horas. 

 Segundo relatos, o governador vai intervir no processo seletivo seguindo a orientação do secretário de Saúde, Beto Preto, que vem se manifestando favorável ao adiamento da prova, que esta prevista para o dia 13 de dezembro, devido às condições sanitárias relacionadas a pandemia da COVID-19. 


Compartilhar por Whatsapp

About Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

1 comentários :

Unknown disse...

Tem professores fazendo GREVE DE FOME no Paraná. Estão na frente do Palácio Iguaçu. Eles estão ESPERANDO ter o mesmo tratamento dado aos empresários e políticos que são tão bem recebidos e tão bem atendidos nestes gabinetes pagos com o dinheiro do contribuinte. Os profissionais que fazem a linha de frente da educação pública paranaense merecem respeito. Nada justifica colocar mais de 30 mil profissionais em risco realizando uma prova presencial durante a pior fase da pandemia de coronavírus no Estado. Além disso, haverá demissão em massa, tanto de professores quanto de funcionários. Um sentimento muito grande de INSATISFAÇÃO atinge a todos.