Em apenas um dia, indígenas barraram provas para contratar professores PSSs

 


O movimento indígena, que chegou ontem a capital do Paraná, para engrossar o movimento dos professores PSSs, tiveram êxito nas negociações ao ocupar o prédio da Secretária de Educação.  

Com apenas um dia de protesto, foi garantido que os professores indígenas ter ao um Edital diferenciado, não vão ter a prova no processo simplificado para contratação de professores, como os demais professores que pleiteiam uma vaga de PSS. 

Após os resultados atingidos, as discussões pegaram fogo nos grupos do WhatsApp, a maioria dos professores cobraram uma atitude  do sindicato da categoria, exigindo o chamamento de greve em todo o Paraná.  

Os professores estão esperando um posicionamento da APP-Sindicato-PR.

Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :