Unidade de Acolhimento abriga positivados durante quarentena


 O Hospital Municipal de Maringá segue com o serviço de abrigamento de pessoas com coronavírus, em 80 leitos estruturados para hospedagem de 14 dias. O local permite que as medidas de distanciamento social e quarentena sejam cumpridos rigorosamente, evitando a disseminação do vírus para familiares ou em ambientes compartilhados. Leia o protocolo completo neste link. A Unidade de Acolhimento faz parte do plano de ação da Prefeitura de Maringá de combate à pandemia no município.


As inscrições para as vagas devem ser feitas neste formulário. Assim que aprovado, o usuário receberá um telefonema, para repasse de todas as informações. A hospedagem é direcionada aos seguintes grupos prioritários: profissionais de saúde (grupo 1); profissionais da segurança pública (grupo 2); moradores em residência de até 70m² e com mais de 4 moradores (grupo 3); pessoas que residem junto a alguém que pertença ao grupo de risco, e sem possibilidade de manter o isolamento domiciliar (grupo 4).

Estrutura
A unidade tem 20 quartos, cada um com capacidade para abrigar até 4 pessoas. A distribuição de vagas ocorrerá preferencialmente para o grupo 1 (50% das vagas), grupo 2 (25%), grupo 3 (12,5%) e grupo 4 (12,5%).
O ambiente tem quartos com cama tipo beliche, espaço para refeitório, telefone com ramal interno, sala com televisão e espaço aberto com gramado. Roupas, material e higiene pessoal, travesseiro e demais itens que façam parte do dia a dia para todo o período de hospedagem são de responsabilidade do usuário.

Uso de máscaras no local é obrigatório e deverá ser cumprido distanciamento de 2 metros entre pessoas. Não é permitida saída do setor exclusivo no período do isolamento. Caso contrário, o usuário assinará um termo de desistência e a vaga será redirecionada.

Saiba Mais
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :