Moradores em situação de rua terão abrigo para isolamento


Os protocolos de enfrentamento ao coronavírus passam a incluir abrigamento de pessoas em situação de rua sob suspeita de contaminação. O isolamento será feita nos alojamentos do Ginásio Chico Neto. O local tem capacidade para 20 pessoas. Reunião realizada na manhã da sexta, 10, entre as equipes da Secretaria de Saúde e da Assistência Social definiram a rotina desse trabalho, que terá início imediato, considerando a urgência da ativação desse protocolo. 

Pessoas atendidas na UPA Zona Norte, referência no atendimento primário de coronavírus na rede pública, com relatos de sintomas, serão encaminhadas ao ginásio para espera de resultado de exame ou período de isolamento. Os protocolos de funcionamento do local serão organizados pela Secretaria de Assistência Social. O monitoramento específico da evolução dos sintomas feito pela Secretaria de Saúde. O Ginásio Valdir Pinheiro segue no abrigamento de moradores em situação de rua sem relatos de sintomas.

“Avançamos nos últimos dias num modelo de trabalho que conecta as duas secretarias, criando assim protocolos de funcionamento adequados ao atendimento de pessoas que exigem nossa atenção e cuidado”, afirma o Secretário de Saúde, Jair Biatto. Ailton Morelli, secretário da Assistência Social, lembra que a estratégia de abrigamento foi planejada com cuidado e, da mesma forma, será aplicada. “Vamos proporcionar um ambiente seguro e controlado para atendimento”, afirma.
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :