Mapeamento vai gerar banco de dados para orientar estratégias de fomento


A Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide), da Prefeitura de Maringá, finaliza planejamento para iniciar dois projetos: o mapeamento de ecossistema do turismo e mapeamento de geradores de negócios turísticos nas áreas de tecnologia, agronegócio e saúde. O trabalho será realizado Sebrae e coordenado pela Diretoria de Turismo.

“O mapeamento vai criar um banco de dados com informações importantes para orientar a tomada de decisões estratégicas na organização e fomento de um setor com características próprias, razão pela qual precisa se tratado de maneira diferente. Além disso, é segmento com enorme potencial para gerar emprego e renda”, afirma o secretário Rafael Silva. 
 
O diretor de Turismo, Luiz Fernando Neves, explica que a cidade precisa ampliar sua oferta turística e aproveitar outros segmentos ainda pouco ativos. “Nesse contexto, o mapeamento é fundamental para avançarmos na geração de oportunidades de negócios, buscando maior assertividade nas estratégias de atuação”, afirma. 

Com o mapeamento pretende-se levantar demandas e ofertas tecnológicas, possibilitando e conectando serviços, parcerias e oportunidades, onde envolve desde os eventos técnicos nas áreas envolvidas (geradores de fluxo turístico), produtores da área de agronegócio, associações e instituições envolvidas nas três áreas prioritárias selecionadas”, acrescenta Luiz Fernando.
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :