JUNHO VIOLETA vai para sanção do governador Ratinho Junior


O projeto de lei 540/19 para incluir no Calendário Oficial de Eventos do Estado o “JUNHO VIOLETA”, mês de conscientização e prevenção contra a violência à pessoa idosa, foi aprovado com 51 votos em segunda discussão, nesta quarta-feira (17), na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Com a dispensa de votação da redação aprovada, o texto segue agora para sanção do governador Ratinho Junior.


“Os idosos são vulneráveis, precisam da nossa ajuda! E o JUNHO VIOLETA tem como objetivo principal desenvolver ações de mobilização, sensibilização, instrução, prevenção e conscientização da população contra todos os tipos de violência às pessoas idosas”, afirmou o autor do projeto, o deputado estadual Cobra Repórter (PSD), presidente da Comissão que Defende os Diretos da Criança, Adolescente, Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai), na Alep.


O “JUNHO VIOLETA” tem como símbolo um laço de cor violeta sendo, anualmente, incentivada a iluminação ou decoração voluntária da parte externa de prédios públicos ou privados, com luzes ou faixas na cor violeta.

O deputado alerta que, caso alguém note algo suspeito na vizinhança, Disque 181. No site da criai (www.criaiparana.org), também é possível fazer uma denúncia clicando no “botão” que fica logo na página principal! “A denúncia é de fundamental importância para combater este tipo de crime”, destacou o presidente da Criai.


Segundo dados da secretaria estadual de Segurança Pública, o Paraná recebeu 628 denúncias de violência contra a pessoa idosa nos cinco primeiros meses deste ano via Disque Denúncia 181, um aumento de 33,6% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando houve 470.

Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :