CPI da Saúde terá reuniões semanais na Câmara de Maringá



Conforme Portaria n. 126/2020, os membros da CPI têm 90 dias para apurar em que medida as contratações foram concluídas com valores superiores aos praticados em mercado junto à administração pública; e ainda eventuais irregularidades nos procedimentos de contratação durante os últimos quatro meses, relacionados à pandemia da Covid-19.

Até o momento, compõem a CPI os vereadores Flávio Mantovani (presidente), Sidnei Telles (relator), Alex Chaves e Mário Verri. Um quinto membro deverá ser anunciado pelo presidente da Câmara, vereador Mário Hossokawa, na sessão ordinária desta terça-feira (2). Além dos vereadores, assessoram a CPI 18 servidores do Poder Legislativo maringaense, entre advogados, jornalistas e assessores administrativos e legislativos.

DOCUMENTAÇÕES
Via Ofício, o presidente da CPI, vereador Flávio Mantovani, encaminhou mensagem informativa ao prefeito de Maringá, Ulisses Maia, ao secretário da Saúde, dr. Jair Biatto, e ao secretário de Patrimônio, Compras e Logística, Coronel Carstens, além de solicitação de documentações pertinentes ao inquérito.

A presidente do Observatório Social de Maringá, Giuliana Lenza, também foi citada via ofício para auxílio envolvendo estudos ligados aos gastos da máquina pública maringaense.
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :