Projeto obriga União a oferecer máscaras e álcool em gel à população de baixa renda

Andréa Rêgo Barros/Prefeitura de Recife
Saúde - doenças - coronavírus Covid-19 pandemia prevenção contágio contaminação máscaras álcool gel higienização higiene assepsia (feira livre em Recife-PE)
Pelo projeto, o governo poderá firmar convênios com estados e municípios para assegurar a oferta do material

O Projeto de Lei 2342/20 obriga o governo federal a distribuir gratuitamente máscaras de proteção e álcool em gel a famílias com renda mensal de até três salários mínimos. Em análise na Câmara dos Deputados, o texto também obriga a União oferecer testes rápidos para a detecção do novo coronavírus (Sars-Cov-2) aos chamados grupos de risco da doença, como idosos e pessoas com doença crônica.

O texto prevê que o Ministério da Saúde poderá firmar convênios com Estados e municípios utilizando o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e com associações e entidades sem fins lucrativos, inclusive cooperativas de costureiras, a fim de assegurar a oferta dos materiais.

Vulneráveis
Autor do projeto, o deputado Gervásio Maia (PSB-PB) argumenta que o vírus avança até as populações de renda mais baixa e grupos de riscos estão cada vez mais indefesos. "Apesar dos esforços em orientar a população a ficar em casa, com efetiva participação da imprensa, o fato é que as pessoas vulneráveis não estão recebendo a devida atenção das autoridades públicas do País”, disse.

O custeio das ações será feito pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS) ou por meio de aporte de recursos remanejados do Orçamento Geral da União.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :