Prefeitos , vereadores, secretários e outros de confiança batem palmas


AMM defende suspender eleições 2020 e unificar mandatos para Poderes em MT Em Carta Aberta

A Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) emitiu uma carta defendendo o adiamento das eleições municipais de 2020 para o pleito de 2022, unificando assim as eleições no Brasil. Com certeza, prefeitos (que já tem segundo mandato) bateram palmas. Em relação aos vereadores, é lógico que alguns que estão há 8,12, 16 anos e muito mais, já batendo palmas. Em relação aos secretários e outros de confiança, ficam a pulga atrás da orelha. Para o presidente da AMM Neurilan Fraga, caso a eleição seja mantida, haverá uma baixa participação da população por conta do medo da contaminação da covid-19, e que por isso o pleito seria esvaziado, o que poderia enfraquecer a democracia brasileira. No Senado já tramita uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC), de autoria do senador Wellington Fagundes (PL) para adiar as eleições de 2020 e unificá-la com a de 2022. A proposta aponta que, diante da pandemia do novo coronavírus, as eleições estariam comprometidas.
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :