Portal da Transparência mostra contratações de bens e serviços relacionados à pandemia


Em meio a pandemia de coronavírus, a Prefeitura de Maringá reforça seu compromisso de clareza de informações com a sociedade. O Portal da Transparência, mantido pela controladoria do município, passa a apresentar os valores orçamentários e a execução de despesas relacionadas ao enfrentamento do vírus em plataforma exclusiva, como licitações, contratos, atas, publicações e dados epidemiológicos. Clique no link e acesse - http://venus.maringa.pr.gov.br:8090/portaltransparencia/

Na plataforma sobre coronavírus do Portal da Transparência é possível identificar processos de compras de cartões alimentação e cestas básicas, aquisições de máscaras e álcool em gel 70%, boletins epidemiológicos, entre outros serviços contratados para o combate e enfrentamento à pandemia. “Esse novo ambiente permite o acesso facilitado e filtrado sobre as informações específicas do coronavírus”, explica a gerente jurídica da Controladoria, Ângela Ehlert
 
Pioneira no Paraná 
A transparência da Prefeitura de Maringá não se restringe apenas ao portal. Durante o cenário de pandemia, todos os dias são publicados no site e redes sociais oficiais da prefeitura, boletins epidemiológicos que apresentam dados como casos notificados, confirmados e encerrados, quantas pessoas estão internadas em hospitais ou em casa, quantos são adultos, crianças, homens ou mulheres, taxa de ocupação hospitalar e número de óbitos. 

O primeiro boletim sobre coronavírus foi divulgado em 16 de março, somando 57 publicados. De acordo com levantamento realizado nas mídias sociais pela Diretoria de Comunicação, Maringá foi a primeira cidade do Paraná a publicar boletim com atualização diária sobre coronavírus, levando informação tanto para a imprensa, como para os cidadãos que acompanham as mídias sociais verificadas do município. 

Há também os boletins epidemiológicos semanal e mensal, que detalha situação de contágio da doença, região mais infectada e perfil dos pacientes positivados. Esse é elaborado com informações da Secretaria Municipal de Saúde, com elaboração técnica de professores da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e Unicesumar. Já foram divulgados 6 destes.

“O respeito ao cidadão nesse momento de pandemia, não se refere apenas a instruções sobre cuidados a compra de equipamentos, mas também na transparência dos dados. Isso faz com que o maringaense conheça a realidade do contágio do coronavírus no nosso município”, afirma o prefeito Ulisses Maia.

Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :