Hortas Comunitárias retomam atendimento ao público


A Prefeitura de Maringá retomou o atendimento nas 39 hortas comunitárias obedecendo a rígidos controles de higienização dos produtos comercializados. O contato com o consumidor também é feito segundo padrões de distanciamento, como recomendam protocolos de prevenção ao coronavírus. As hortas funcionam todos os dias, mas o atendimento varia de acordo com a unidade. Normalmente, o horário é das 7 às 10h30 e das 17 às 18h30. 

A atenção dada às hortas também está na qualidade dos alimentos. O período de poucas chuvas desencadeia cuidados especiais para evitar a perda de produção. “Mesmo com a maioria das hortas contando com poços artesianos, alertamos sobre a irrigação consciente, evitando o desperdício de água e melhorando o preparo do solo para garantir uma produção com qualidade”, explica a diretora de Agricultura e Pecuária da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide), Samireille Silvano Messias. 

A maior parte da produção das hortas comunitários é de hortaliças folhosas, raízes e temperos (salsinha, cebolinha, açafrão, gengibre e pimenta), com preços entre R$ 1 a R$ 3. O projeto social é uma via de mão dupla: enquanto os clientes podem escolher o próprio alimento, sem agrotóxico e com um preço acessível, os produtores têm uma maneira de completarem sua renda. Confira o endereço de cada unidade clicando aqui.
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :