Cievs monitora pacientes com sintomas de coronavírus e acompanha evolução da doença


O centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), da Prefeitura de Maringá, monitora 300 pacientes com sintomas coronavírus ou com a confirmação do covid-19. A central funciona 24 horas e telefona diariamente para os pacientes durante o período de isolamento (14 dias), até a alta do paciente. A observação e a análise do cenário são extremamente importantes para acompanhar a evolução da doença e evitar novos casos.

A central acompanha os sintomas que o paciente apresenta diariamente e qual a situação de saúde geral, além de identificar os possíveis contatos familiares ou sociais, que possam apresentar risco de desenvolver a doença. A equipe do Cievs orienta sobre o isolamento social, os cuidados de higiene para reduzir o risco de transmissão e os sintomas que indicam o agravamento da doença. O atendimento é realizado por profissionais de saúde e estudantes de medicina voluntários.

Como funciona o fluxo de atendimento para monitoramento do Cievs?

Upa Zona Norte (unidade destina para sintomas de coronavírus - febre + sintoma respiratório): paciente diagnosticado, com estado de saúde estável, recebe todas as orientações para fazer o isolamento domiciliar e são monitorados pelo Cievs.

UBSs e UPAs: pacientes que chegam com os sintomas de coronavírus são triados pelas unidades sentinelas: aqueles com sintomas graves são encaminhados para a UPA Zona Norte e sintomas leves recebem orientações e são encaminhados diretamente para isolamento domiciliar e são monitorados pelo Cievs.

Hospitais particulares: notificam a Secretaria de Saúde para o paciente também receber o monitoramento do Cievs.
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :