Cientistas associam falas de Bolsonaro a aumento de casos de coronavírus no país

Um grupo de cientistas e imunologistas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) disse que através de estudos científicos dos casos de coronavírus no Brasil que as declarações do presidente Jair Bolsonaro, nas aparições nas últimas semanas contra o isolamento social, podem ter contribuído com o aumento de infectados no país.
“Acreditamos que as consequências dos pronunciamentos a respeito do relaxamento da quarentena proferido por alguma autoridade nacional entre os dias 24-26 de março”, descrevem. O fenômeno, também foi visto diretamente no estado de Santa Catarina, que viu mais pessoas saírem às ruas nos últimos dias.
Nas amostras dos pesquisadores que com o relaxamento do isolamento social no estado, houve um aumento significativo no número de casos confirmados a partir do dia 1º de abril, o que deve continuar nos próximos dias.
“Após o relaxamento do isolamento social, esse ‘achatamento’ desapareceu e a curva retomou uma tendência excepcional de crescimento”, alertam. 
A nova curva, concluem os cientistas, “está atingindo as características de países com altíssimo crescimento do numero de casos, como são a Itália ou os Estados Unidos, e mostrando também que, ainda dentro do nosso país, temos no estado algumas das cidades com maior aumento do numero de casos”.
A pesquisa completa está disponível no portal da UFSC.
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :