Aprovado benefício no transporte coletivo para famílias de alunos de Cmei´s



Na sessão ordinária desta quinta-feira (5), o plenário da Câmara de Maringá aprovou, em segunda discussão, com 13 votos, projeto do Executivo que concede a isenção do pagamento da tarifa no transporte coletivo ao adulto responsável por criança menor de 6 anos quando o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) onde está matriculado estiver sendo reformado ou ampliado.

De acordo com o projeto, a condição para solicitar o benefício é que a distância entre a residência do aluno e o Cmei, indicado pela prefeitura no remanejamento, seja maior que mil metros. Este projeto segue a Lei Municipal do Passe do Estudante número 10.387/2017.

Durante a sessão, os vereadores também rejeitaram, por 13 votos, dois vetos parciais do Executivo. Um deles refere-se ao projeto de lei complementar 1204/2019 que cria o cargo de Analista em várias especialidades e de Biomédico, na estrutura de Lei de Cargos, Carreiras e Remuneração dos servidores públicos de Maringá (Lei Complementar 966/2013), estipula suas atribuições e jornada de trabalho.

O segundo veto foi ao projeto de lei complementar 1208/2019, que dispõe sobre a ocupação de lotes por edificações especiais para hospitais estabelecendo regras gerais a serem obedecidas no projeto de hospitais.

Além destes, foram analisados pelos vereadores outros sete projetos, sendo três retirados de pauta.

Entre os 26 requerimentos de informação solicitados ao Executivo destacam-se: de autoria do vereador Professor Niero que requer informações quanto ao uso de lâmpadas de LED no município a saber: qual é a perspectiva de uso de lâmpadas de LED na iluminação pública da cidade; se existe a possibilidade de serem usados coletores fotovoltaicos para a geração da energia utilizada por esses dispositivos; se há projetos em estudo para a instalação de captadores de energias renováveis, que poderiam ser instalados sobre as coberturas dos prédios públicos; e se houver estudo nesse sentido, qual seria a demanda de recursos para essa finalidade.

De autoria do vereador Dr. Jamal que pede informações sobre o atendimento fisioterápico prestado no Município, com os seguintes questionamentos: quantas clínicas de fisioterapia possuem convênio com Maringá; quais clínicas estão sendo atualmente encaminhados os pacientes a serem reabilitados em sessões de fisioterapia cujo tratamento teve origem em casos relacionados a fraturas, artrose, reabilitação cardíaca, AVC e pós-operatório; e quanto tempo tem decorrido entre o ato gerador do dano objeto do tratamento e o atendimento fisioterápico inicial.
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :