Papagaio salva família de incêndio, mas não sobrevive



Uma família foi salva pelo papagaio, que gritou fogo quando um incêndio teve início durante a madrugada. Barbara Klein e o marido, Larry, contaram à agência de notícias Southwest News Service, que Louie foi "um verdadeiro herói". 

"Se não fosse por ele, provavelmente não acordaríamos durante o incêndio. Quando acordei, o fogo já tinha alastrado até à sala", explica, dizendo que o papagaio e os dois cães não sobreviveram. 
Graças a Louie, o casal conseguiu sair da casa em chamas com a neta, de seis anos, mas o homem teve de ser hospitalizado.
"Ele tentou apagar o fogo com água. Quando nós saímos, ele voltou a entrar para tentar salvar o papagaio, os cães e a guitarra que era do avô dele. Só dizia que não conseguia respirar e eu mandava ele sair da casa. Disse para se baixar e ele rastejou para fora da casa. Retirei ele do fogo", conta. 
Larry ficou com as mãos, parte do rosto e o nariz queimado "e foi induzido em coma". "Foi um milagre ele ter sobrevivido", disse Barbara.
Apesar das sequelas, o homem teve alta hospitalar a tempo da festa de aniversário da neta e, apesar de terem de arranjar uma nova casa, a família tem sido muito apoiada pela comunidade.
"Nos disponibilizaram roupa e alguém nos cedeu um apartamento durante três meses. O homem que nos cedeu a casa também nos deu um papagaio bebê. Demos-lhe o nome de Louie Jr", conta. 
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :