Praças revitalizadas ampliam opção de lazer para comunidade


Enquanto uma está quase pronta para ser entregue para a comunidade, outra iniciou a reforma semana passada. Assim Maringá não para. Obras estão em andamento o tempo todo. Como no Largo das Garças que depois de um mês e meio de reforma será entregue daqui dez dias. Já praça Rocha Pombo, no centro, está toda cercada com revitalização iniciada na última segunda-feira, 18, Previsão é de seis meses de obras. Praça Farroupilha, no Jardim Alvorada, também já está em obras.

Outras duas praças e mais Centro Social Urbano, na Vila Morangueira, e pista de caminhada do Parque do Ingá devem ter ordem de serviço emitidas em breve ampliando opção de lazer para comunidade. "Obras foram programadas para não comprometer a mobilidade que aumenta muito no período de Natal", explica secretário da Secretaria de Obras Públicas (Semop), Albari Rosa.

Projeto das praças prevê serviços em estruturas metálica, hidráulica, concreto e elétrica. Incluindo acessibilidade e permeabilidade. Praças ganharão bicicletário, bebedouro, lixeira, mesa de jogos, balanços, iluminação de led deixando ambiente mais claro, paisagismo, parque de lazer com piso emborrachado, ciclovia, totem, entre outros.

A praça Rocha Pombo tem 4.345,00 m2 e Farroupilha tem 2.104,87 m2. Bancos, paredes, piso, luminárias já são removidos para darem lugar para uma nova estrutura funcional com visual moderno. Até obelisco e totem com placa de inauguração serão removidos e instalados em outro lugar da praça. O nome da praça é homenagem ao paranaense José Francisco da Rocha Pombo (1857 - 1933) . Historiador, jornalista, professor e membro da Academia Brasileira de Letras. A Companhia Melhoramentos costumava homenagear paranaenses ilustres. A praça inaugurada em 1957 fica na avenida Pedro Taques, que foi um professor e historiador.

A revitalização do Largo das Garças era uma reivindicação de quase dez anos da comunidade. Espaço de aproximadamente 60 metros de extensão do lado do Parque do Ingá ganhou bancos, lixeiras e floreiras. Falta ainda pintura no piso e um brinquedo lúdico para crianças, segundo a gerente da Secretaria de Serviços Públicos de Maringá (Semusp), Maria Ligia. Trabalho teve apoio de moradores de edifícios em frente que já usam o espaço mesmo antes de estar pronto.

Na fila estão praça Emiliano Perneta, na Vila Operária, e praça de Todos os Santos, na Zona 2. entre as próximas a serem reformadas. Além das praças, a prefeitura já inaugurou 11 projetos Meu Campinho. Outros oito devem ser inaugurados até o final do ano, somando 19 esse ano. Investimento que amplia muito as opções de lazer gratuito para a comunidade maringaense.

Projeto do Eixo Monumental é apresentado para comunidade. Trecho de 2 quilômetros entre catedral Nossa Senhora da Glória e Vila Olímpica será um eixo de lazer e convivência com quadras esportivas, pistas de skate, praças, ciclovia, bancos, calçadão, espaço pet, entre outros. Os centros esportivos também serão reformados. Sem contar a revitalização da avenida Carlos Borges que mudou a rotina de moradores com melhorias.
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :