Operação notifica 14 empresas e embarga uma; 62% irregulares



A Secretaria de Meio Ambiente e Bem Estar de Maringá (Sema) fez um balanço da Operação Ipojuca que aconteceu no começo de novembro. Foram listadas 79 empresas, das quais 61 visitadas, sendo 14 notificadas e uma embargada. Foi grande número de empresas sem Licença Ambiental Municipal (LAM). Mais da metade, 62%, estavam trabalhando irregularmente e 31 companhias estavam com alvará vencido. "Operação teve de resultado imediato muito positivo. Orientando e permitindo a correção por parte dos empreendedores de irregularidades verificadas nos locais", avalia secretário da Sema, Marco Antônio.

Das 18 não visitadas, ou estavam fechadas ou havia outra atividade no local. Apenas uma não autorizou a entrada dos fiscais. Em 15 empresas os agentes orientaram sobre instalação de equipamentos adequados à atividade ou atualização de documentação. Nova vistoria será feita em breve. Operação dá oportunidade para empresários regularizarem a situação. Além da documentação, problemas são caixa de gordura inadequada, sem caixa separadora, sem destinação de resíduos, entre outros. Com isso, materiais poluentes caem na galeria e chegam até os córregos, matando peixes.

Operação foi uma parceria até então inédita entre prefeitura e Sanepar. Ipojuca significa "água suja" em tupi. Objetivo era vistoriar atividades e documentação de potenciais poluidores dos córregos maringaenses. Trabalho começou pela avenida Mandacarú e seguirá por outras regiões numa ação permanente e constante.

Denúncias de poluição ambiental no telefone 156 aumentaram cinco vezes em relação ao ano passado, somando 68 registros esse ano. Já são R$ 5,2 milhões em 43 autos e notificações aplicadas em 2019. Maringá tem 19 áreas verdes. A bacia hidrográfica tem aproximadamente 100 córregos somando 75 quilômetros de extensão.
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :