Homem que matou pai da companheira e tentou matar outras duas pessoas é condenado a 19 anos de prisão pelo Tribunal do Júri de Ponta Grossa

O Tribunal do Júri de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, condenou a 19 anos e oito meses de prisão um homem que matou o pai de sua companheira e tentou matar outras duas pessoas: sua convivente e seu próprio irmão. A sentença considerou um homicídio simples tentado, uma tentativa de homicídio qualificado por feminicídio e um homicídio simples consumado. O réu está preso cautelarmente desde a época do crime e não poderá recorrer em liberdade.
De acordo com a denúncia do Ministério Público do Paraná, oferecida pela 10ª Promotoria de Justiça da comarca, o réu, na madrugada de 26 de novembro de 2016, atacou com uma faca o seu irmão. Pensando ter conseguido matar a primeira vítima (que acabou sendo socorrida e sobreviveu), dirigiu-se à casa da convivente, que foi ferida com a mesma arma, mas conseguiu escapar porque seu pai interveio. Este, entretanto, não teve a mesma sorte, sendo vitimado pelo réu, que alegou estar drogado na ocasião.
Números dos autos: 0032145-75.2016.8.16.0019.

Via Assessoria
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :