Ratinho esquece base de apoio em Maringá



A 9 meses de mandato, o governador Ratinho Junior vem decepcionando a base que lhe deu apoio durante a eleição do ano passado, com nomeações injustas no governo do estado, principalmente na região de Maringá, onde pessoas que trabalharam arduamente em sua campanha e até então não foram prestigiadas. Estão condenadas ao ostracismo.

A cidade canção é um exemplo, onde, dos 7 coordenadores de sua campanha, apenas quatro foram nomeados, e os outros 3 estão à espera de que a justiça seja feita e que Carlos Massa Ratinho Junior posse a cumprir o que foi acordado na campanha passada.

O maior problema não são as 'não nomeações' dos companheiros, mas sim, aquelas nomeações de pessoas que não estiveram na campanha, inclusive com uma boa parte que atuaram nas campanhas de candidatos adversários.

O Carlos Massa Ratinho Junior, foi eleito com o lema de fazer uma nova maneira de governar, mas infelizmente, as velhas práticas continuam, onde, para cumprir os esquemas de apoio durante a campanha, prefere prestigiar aqueles que não colocaram os pés no comitê de campanha e que não entregaram um sequer um santinho do governador, se esquecendo dos companheiros de primeira hora, que começavam trabalhar as 7 da manhã e sem hora de retornar para as suas residência.

Como exemplo, o ex-presidente do Podemos, Carlos Ferreira, o Carlão, que foi um dos coordenadores da campanha, e que trouxe todo o Partido de Maringá para a campanha, e o governador fez apenas um vídeo de agradecimento ao Carlão pelo apoio, e mais nada. Cabe lembrar que o Carlão é primo do Osmar Dias, que desistiu de disputar a eleição e era o principal adversário do Ratinho Jr.

Em seu programa de TV, o Ratinho Pai agradeceu o povo do Paraná pela vitória do filho, e disse que o Paraná teria o melhor governador de sua história.


QUE MENTIRA!!! Governador que não reconhece nem os companheiros, nomeando os contrários, não pode dizer que é o melhor e justiça não é o seu forte.


Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :