Paranavaí fecha 5º mês consecutivo com saldo positivo na geração de empregos



O Ministério da Economia divulgou nesta quinta-feira (17) os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) referentes ao mês de setembro. Paranavaí fechou o 5º mês consecutivo com saldo positivo na geração de empregos. 

No mês de setembro, Paranavaí registrou 650 admissões com carteira assinada e 609 demissões, o que significa a geração de 41 novos postos de trabalho. Quatro dos cinco principais setores ficaram com saldo positivo na geração de empregos. O maior responsável pelo número positivo foi o setor da indústria da transformação, com saldo de +20. Em seguida aparece o setor da agropecuária, com saldo de +17, a construção civil com +10 e o setor de serviços com +8. O setor do comércio foi o único com saldo negativo de -14.

No acumulado do ano (de janeiro e agosto de 2019), Paranavaí abriu 512 novos postos de trabalho com carteira assinada, resultado de 6.986 admissões contra 6.474 demissões. O saldo coloca o município em 20º no ranking do Estado, considerando o acumulado do ano. 

“Nos últimos cinco meses a cidade tem conseguido se manter em um bom ritmo de recuperação econômica, com a abertura de novas empresas na cidade, o que garantiu um número expressivo de novos postos de trabalho. Com a chegada do fim do ano, a expectativa é de que o saldo positivo aumente ainda mais, com a abertura das vagas temporárias. É importante que o trabalhador esteja atento às oportunidades de qualificação profissional para que possa ter mais oportunidade de ser efetivado ao fim do contrato temporário”, avalia o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Carlos Emanuel Rodrigues. 

Situação no país – O Brasil gerou 157.213 vagas de empregos formais em setembro. É o melhor setembro desde 2013, quando foi registrado resultado positivo de 211.068 vagas. Pela primeira vez no ano, todas as 27 unidades da federação apresentaram resultado positivo na oferta de vagas formais de trabalho. 

No acumulado dos nove primeiros meses de 2019, o país tem a geração de 761.776 empregos, o que representa elevação de 1,98% no estoque total (que atingiu 39.172.204 empregos formais ao final de setembro deste ano). Nos nove primeiros meses do ano passado, o Brasil tinha gerado 719.089 novos empregos. O resultado acumulado entre janeiro e setembro deste ano, portanto, é 6% melhor que o de igual período do ano passado. 

O emprego formal teve resultados positivos em sete setores econômicos em setembro e saldo negativo em apenas um setor. Os setores com números positivos foram Serviços (+64.533 vagas); Indústria da Transformação (+42.179); Comércio (+26.918); Construção Civil (+18.331); Agropecuária (+4.463); Extrativa Mineral (+745) e Administração Pública (+492). O único setor com resultado negativo foi o de Serviços Industriais de Utilidade Pública (-448 vagas).


Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :