Limpeza de túmulo no Cemitério Municipal de Maringá pode ser feita até amanhã, 31


Limpeza de túmulos no Cemitério Municipal pode ser feita até a próxima quinta, 31. Ontem, 29,   foi último dia para reformas. Vasos com ornamentações plásticas (flores), papel impermeável ou outros utensílios que possam acumular água, como sacolas, serão retidos na entrada. Vendedores ambulantes podem atuar no entorno, desde que previamente cadastrados. 

O processo de cadastro de ambulantes já foi encerrado e 40 se habilitaram a trabalhar. A fiscalização será reforçada para garantir o trabalho de ambulantes cadastrados. A venda de bebidas alcoólidas por ambulantes é proibida.  Cerca de 100 mil pessoas devem passar pelo cemitério no sábado, 2 (Dia de Finados). Guarda Municipal e PM atuaram em conjunto para garantir a segurança. 

Motoristas constrangidos por flanelinhas devem acionar a a GM (153) ou a PM (190). Cuidado  para não estacionar em locais proibidos. Atenção especial deve ser dada a saídas e entradas de veículosnas ruas de acesso ao cemitério. Tradicionalmente, movimentomais intenso é registrado na parte da manhã, mas volume de visitantes deve se distribuir por todo fim de semana. 


O túmulo de Clodimar Pedrosa Lô deve ser um dos mais visitados. Torturado e morto pela polícia, sob suspeita de um furto que nunca praticou, o filho de nordestinos, então com 15 anos, se tornou personagem de livro, filmes, música, documentário, peça de teatro. Até milagres foram atribuídos a ele após a morte, fenômeno sempre rejeitado pela família
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :