Lei sobre ocupação de lojas no Terminal é aprovada

                                                                                                                      Aldemir de Moraes / PMM
O projeto de lei 15260/2019 sobre ocupação comercial do Terminal Urbano Intermodal foi aprovado na Câmara de Vereadores. Passou em duas votações e amanhã, 8, haverá uma terceira somente para definir a redação. Prefeito Ulisses Maia sancionará a lei. Licitação pública definirá empresa para administrar pontos comerciais dentro do terminal. São 36 pontos entre lojas e gastronomia. Aproximadamente 30 mil pessoas circularão diariamente pelo terminal. Previsão de inaugurar é na segunda semana de novembro, com o piso térreo para os ônibus. A parte superior das lojas será em 2020 após a licitação. 

A empresa vencedora terá 10 anos para administrar os espaços. Também será responsável pela limpeza, manutenção e segurança. Depois, a gestão poderá passar para a prefeitura ou a concessão ser renovada. São 14 lojas e 12 pontos de alimentação. Mais seis quiosques no piso superior e quatro no térreo. A prefeitura também terá pontos para parte administrativa no mezanino.

O terminal terá uma área de 22,3 mil m², sendo quatro vezes maior que o anterior, demolido. São 44 baias para ônibus de 66 linhas. Cada baia terá um totem de concreto, com 2 metros de altura por 50 centímetros de largura, tendo o número e nome da linha adesivados. Um Centro De Controle Operacional (CCO) terá ferramentas de segurança que será ampliado depois com equipamentos eletrônicos.

O acesso entre térreo e o piso superior será feito por três escadas rolantes e mais três elevadores. Também há instrumentos que não haviam antes. Alguns com foco na acessibilidade, como mapas em painéis táteis, ar condicionado, televisores, câmeras de segurança, detectores de fumaça, entre outros.
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :