A Fraude do IDEB


Por Walkiria Olegario Mazeto



Desde o início da Gestão Ratinho a  Secretaria de Estado da Educação tem aprofundado o modelo de gestão empresarial na educação com estratégias metas e resultados. 

A busca por atingir a meta do IDEB tem levado a SEED a adotar estratégias de falseamento das informações dos indicadores que resultam no índice do IDEB. 

Estudantes foram retirados do sistema, aplica-se mais uma prova, professores tem que “treinar” semanalmente estudantes para responder questões de simulados da Prova Brasil.

Agora, para fraldar os índices de aprovação ou abandono, a SEED lança mão de uma recuperação de final de ano, onde todas as notas obtidas pelos/as estudantes podem ser alteradas “num passe de mágica”. 

Um total desrespeito a todo trabalho pedagógico realizado nas escolas durante todo um ano. 

A APP-Sindicato tem se contraposto a toda essa fraude desde o início, produzindo material para que as escolas compreendam o processo. 

A denúncia foi levada ao Ministério Público, para a Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, para o Conselho Estadual, e outros espaços de defesa da escola pública de qualidade. 

Nesta última semana, a direção estadual da APP-Sindicato esteve no Ministério Público Estadual novamente levando a denúncia desta fraude cometida pela SEED e também da implantação das escolas militares no Paraná. 

Esses e outros temas serão pauta de debates ainda com o Ministério Público Estadual bem como nos outros espaços já citados. 

Pedimos que neste sábado em que todas as escolas debatem o “Se Liga” que estas possam negar esse instrumento de manipulação dos dados que nada contribui para a aprendizagem dos/as nossos/as estudantes. 

RESISTIR É PRECISO 
NOSSO TRABALHO DEVE SER RESPEITADO

Um forte abraço a todos/as 
Walkiria Olegario Mazeto 
Direção Estadual da APP-Sindicato
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :