Projeto prioriza PF e PRF na destinação de bens apreendidos

O Projeto de Lei 4402/19 assegura à Polícia Federal (PF) e à Polícia Rodoviária Federal (PRF) prioridade na destinação de mercadorias apreendidas pelas respectivas instituições. Segundo o projeto, caso manifestem interesse, as polícias poderão incorporar ao próprio patrimônio veículos automotores terrestres, aquáticos e aéreos e equipamentos eletrônicos e de processamento de dados que tenham sido apreendidos em atividades de combate ao contrabando e ao descaminho.
Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
O deputado Nicoletti é autor do projeto
“O processo de autorização legal para a destinação à Polícia Federal e à Polícia Rodoviária Federal de determinados materiais, cujas características os tornam de inestimável valor à capacidade desses órgãos, contribui para melhorar a eficácia operacional da repressão e da investigação criminal”, afirma o autor do projeto, deputado Nicoletti (PSL-RR).
Tramitação
O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Fonte: Agência Câmara
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :