Presidente da Organização Mundial da Família participa de sessão


Na sessão desta quinta-feira (5), a partir das 9h30, no Plenário da Câmara de Maringá, os vereadores discutirão e votarão sete projetos de lei e 20 requerimentos de informação, além de ouvirem a doutora Deisi Kusztra, presidente da Organização Mundial da Família, que usará a tribuna para falar sobre as obras e o futuro funcionamento do Hospital da Criança de Maringá.

O convite foi feito pela Comissão de Estudos sobre o Hospital da Criança, presidida pelo vereador Odair Fogueteiro e que tem como relator o vereador Chico Caiana, além dos membros, vereador Dr. Jamal e vereador Belino Bravin.

O vereador Fogueteiro adiantou que Deisi comentará sobre a possível concretização das obras do Hospital da Criança ainda em 2019, e dará sugestões de como pode ser a gestão de um hospital desta magnitude para Maringá e região.

Quantos aos projetos de lei, cinco deles entrarão em primeira discussão na sessão de amanhã. Dois deles são do vereador Carlos Mariucci: o Projeto de Lei n. 14.108/2017, instituindo o Plano Municipal para Humanização do Parto e dispondo sobre a administração de analgesia em partos naturais de gestantes; e o Projeto de Lei n. 15.275/2019, declarando de Utilidade Pública o Grupo Amor-Exigente Paulo de Tarso.

O vereador Professor Niero propõe, em primeira discussão, o Projeto de Lei n. 15.176/2019, dispondo sobre o fornecimento de cartões de passe do transporte público coletivo de passageiros com as informações vertidas em caracteres de identificação tátil em braile e dando outras providências.

Já o vereador Dr. Jamal terá discutido e votado em primeira discussão o Projeto de Lei n. 15.179/2019, instituindo o Dia Municipal de Combate à Poliomielite (paralisia infantil). Também em primeira discussão, entrará o Projeto de Lei n. 13.626/2015, de autoria do vereador Belino Bravin Filho, denominando Catharina Lourenci Gomes a Rua 19.133, situada na Zona 19.

ADOÇÃO
Dentre os 20 requerimentos da Pauta da Ordem do Dia, um deles diz respeito à adoção de crianças em Maringá. O vereador Professor Niero pergunta ao Executivo quanto aos benefícios que a municipalidade eventualmente concede para pessoas que adotem crianças em Maringá.

Niero pergunta quais instituições estão instaladas em Maringá, públicas ou privadas, e que dão atendimento e acolhimento para as crianças sem vínculo familiar; quantas dessas crianças são assistidas pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Sasc) ou outra secretaria municipal; se o Município acompanha, de alguma forma, os casos de adoção; se é oferecido algum benefício fiscal para aqueles que adotam; e se é realizada alguma campanha de incentivo à adoção.



Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :