Plano de Mobilidade busca trânsito mais seguro, sustentável e 'limpo'


O Plano de Mobilidade Urbana (PlanMob) de Maringá será realizado em quatro etapas. Licitação já foi concluída, empresa homologada e a ordem de serviço será assinada nos próximos dias. As intervenções no trânsito previstas pelo plano serão debatidas com a comunidade em audiências públicas.

O Plano de Mobilidade será realizado pela primeira vez na cidade, em atenção a lei federal que exige o estudo para cidade com mais de 20 mil habitantes. O PlanMob se integra ao Plano Diretor e servirá para orientar ações no trânsito para as próximas décadas como lei municipal.

O PlanMob é resultado de pesquisas e estudos para elaboração de um diagnóstico e formulação de propostas. Será feito com base em estatísticas de frota de veículos, das vias, motoristas, pilotos e passageiros, entre outras situações. Além de uma relação entre origem e destino de pontos diferentes entre residência, trabalho, estudo e lazer.

O estudo será usado para definir melhor as rotas na cidade. Tanto para veículos de passeio, transporte público, transporte de cargas, entre outros. Servirá de referência ainda para metas, projetos, campanhas e outras ações previstas pela Prefeitura de Maringá e executada pela Secretaria de Mobilidade Urbana.

O plano reestuda o transporte coletivo e valoriza pedestres e ciclistas. O desestímulo ao uso de veículos, valorizando opção para outros recursos, prevê menos carros nas ruas, tornando e transporte mais rápido, seguro e eficiente - e menos poluente. O resultado buscado pelo projeto é um trânsito mais humano.
Compartilhar por Whatsapp

Julio Take

Júlio Take, nasceu em Maringá-Paraná em 1967. Teve a primeira experiência profissinal em 1986, no O Jornal de Maringá. após essa primeira experiencia, trabalhou um tempo em Cascavel e Foz do Iguaçu. Após alguns anos militando na imprensa da região oeste do estado do Paraná, foi convidado a integrar a equipe da Agência de Notícias News.

0 comentários :